• Giovanna Oliveira

Como as ODS observam a Necropolítica em Tempos de Corona

Atualizado: Abr 1

O conceito de necropolítica foi desenvolvido em um ensaio do filósofo negro, historiador, teórico político e professor universitário camaronense Achille Mbembe no ano de 2003. Basicamente, para Mbembe, o Estado faz uso da sua soberania para escolher como algumas pessoas vivem e como outras devem morrer, negando assim sua humanidade.


No Brasil a desigualdade social e racial se manifesta em diversos âmbitos. Segundo a Comissão de Serviços de Infraestrutura, 48% da população ainda não possui coleta de esgoto. 35 milhões de brasileiros ainda não têm acesso a água tratada. Como esses dados influenciam o cenário atual da pandemia do COVID-19?

As recomendações da OMS para diminuir a contaminação podem ser resumidas em duas: o isolamento social e medidas de higiene.


Como exigir de uma população que não tem acesso à agua potável que faça a higienização adequada? Qual a porcentagem de brasileiros que possuem o luxo de suspender suas atividades diárias sem comprometer a sua renda?


O Núcleo de Operações e Inteligência em Saúde, formado por cientistas da PUC-RJ, Fiocruz e Instituto D’Or, divulgou em relatório que nos próximos 10 dias o número de casos do novo coronavirus poderá subir até 25 vezes no Brasil. Mesmo com a capacidade hospitalar sendo considerável, é evidente que ela não será distribuída de maneira equânime.



Neste caso, é fundamental que as lideranças conduzam ações condizentes com a seriedade da situação. Medidas imediatas são importantes para conter os impactos da pandemia, contudo também é necessário construir a partir do cenário atual quais serão os planos a médio e longo prazo.


O coronavirus não escolhe classe social e nem cor. Caso a disseminação não seja controlada, nosso sistema de saúde pode entrar em colapso. Reduzir a desigualdade impacta também as classes mais favorecidas.


Yuval Noah Harari escreveu em artigo na Time no dia 15 de março de 2020 sobre a responsabilidade das lideranças em tempos de crise. Mesmo com a globalização as grandes pandemias do século XXI mataram exponencialmente menos do que a Peste Negra e Gripe Espanhola, por exemplo. Isso porque a disseminação de informação tornou-se muito mais efetiva.


Como portadores dessas informações, nossa obrigação é também agir como liderança: conscientizar quem não tem o mesmo acesso e dentro do nosso alcance exigir das autoridades o acesso de toda população as necessidades básicas humanas.


O governo francês anunciou que o envio de contas de água, luz, gás e aluguel será suspenso para empresas de pequeno e médio porte para que suas atividades não sejam comprometidas, segundo O Globo. Até mesmo o governo de Donald Trump anunciou o envio de dinheiro diretamente às famílias americanas como uma maneira de não comprometer a economia durante a crise.

120 visualizações
  • Instagram Social Icon
  • Facebook
  • Youtube
LOGO-LMbrnco.png

© 2020 LM&Co.

 

Bauru>

Bauru: R. Manoel Pereira Rolla 18-50

17012-190

São Paulo: R. Dr. Paulo Vieira, 374.

01257-000

CNPJ: 30.613.593/0001-22

(14)981969412

A entrega de produtos pode variar conforme disponibilidade e produção.

xkhgh.png
pacto-global.png